A sensualidade da flor  
Autor   TeresaRicca
Tema   Flores
Upload   2010-10-26 11:21:39
Pontuação   125 Pts
Vista   424 vezes
Favorita   2 vezes
 
 
 
   
A sensualidade da flor
 
Poema da minha natureza

Crescem as flores no seu dever biológico,
E as cores que patenteiam, por sua natureza,
Só podem ser aquelas, e não outras.
Vermelhas, amarelas, cor de fogo,
Lilases, carmesins, azuis, violetas,
Assim, e só assim,
Tudo conforme a sua natureza.
(…)
Assim eu penso, e amo, e sofro, e vou andando.
Tudo conforme a minha natureza.


António Gedeão